5 produtos alimentícios comercializados para crianças que deveriam ser proibidos


As crianças participam de cerca de 80% das compras de uma casa e por isso são alvo constante da publicidade de vários itens, dentre eles os produtos alimentícios. Passe um tempo na frente da televisão e perceba quantos comerciais são voltados para elas [se assistir a um canal infantil vai se assustar com a quantidade de propagandas infantis].


Hoje a maioria dos pais já está consciente dos problemas de saúde que podem vir junto com o consumo de produtos industrializados, mas muitos ainda têm dúvidas do que realmente deve ser excluído da alimentação dos pequenos. Aqui vai uma lista de alguns produtos direcionados para crianças que devem ser eliminados da vida delas:


Nuggets e salsichas


Os empanados de frango são feitos, não com a carne do frango, mas com os restos dele quando é desossado, como cartilagem, ossos e pele. Essa é a "carne mecanicamente separada" que vem escrito no rótulo. E como isso pode ficar gostoso? Simples: basta adicionar bastante sal, açúcar, glutamato monossódico e mais vários outros aditivos alimentares. Muita gente acha que por não fazer o nugget frito, mas no forno, está sendo saudável, mas o problema é bem mais profundo. Assim como os empanados, os embutidos como as salsichas seguem o mesmo modo de produção.

Produção industrial de salsicha


Nesse vídeo, Jamie Oliver, um famoso chef, mostra para algumas crianças como os nuggets são feitos:

O mais incrível é que, mesmo depois de sentir nojo, as crianças querem experimentar quando ele está moldado e frito, e com a imagem que elas têm do que é o nugget. Está aí o poder do hábito que foi criado pelos pais falando mais alto mesmo quando estimulamos o lado mais racional da criança.


Yakult


Hora de levar susto no blog =) Pois é... se você da leite fermentado para seu filho achando que está dando uma coisa boa para a saúde está enganado. De fato as bactérias benéficas estão presentes, mas a quantidade de açúcar é tão superior que faz dele um produto inadequado para crianças [e adultos]. No comercial do Yakult eles dizem que "possuem probióticos que equilibram a flora intestinal", mas se esquecem de dizer que também tem AÇÚCAR [e não é pouco não] que desequilibra a flora intestinal.


Ou seja, não adianta nada, só te faz gastar dinheiro, e com o tempo vai mais atrapalhar do que ajudar seu intestino. Além disso, dar uma quantidade elevada de açúcar às crianças faz com que seu paladar fique viciado e cada vez mais desacostumado aos alimentos saudáveis como as frutas e os vegetais. Está entendendo porque seu filho não quer saber de legumes?


Miojo


Infelizmente, o macarrão instantâneo ainda bate o ponto na alimentação de muitas crianças. Porque é fácil, porque é gostoso, porque é da Turma da Mônica, porque tem vitaminas... aham, sei.. Você, pai, ainda se deixa enganar por isso? Olha só esse sabor: caldinho de feijão. Totalmente voltado para o público infantil, te fazendo achar que é um produto adequado, quando na verdade está lotado de sal, glutamato monossódico, corantes e gordura. E não adianta não colocar o sachê, ok? O próprio macarrão já tem gordura, sal e aditivos suficientemente ruins. E esse sabor "suave" nada mais é do que outra maneira de te enganar. Por favor, não caia nessa armadilha. Sugiro que você nem compre pra "quando precisar de algo rápido", porque ovo também é rápido e é super saudável.


Gelatina


Mais um espanto para muitos! Quem me acompanha há mais tempo no blog e nas redes sociais sabe que não é de hoje que eu falo da gelatina. Ainda tem gente que come isso na dieta achando que está super saudável, quando na verdade está fazendo um mal danado ao corpo. Para as crianças então, nem se fala... O primeiro ingrediente da lista é açúcar. Já sabe o que isso significa né? Além disso também tem adoçantes sintéticos, como aspartame e sacarina, comprovadamente maléficos para a saúde intestinal, e muitos corantes! Os corantes podem desenvolver alguns problemas como hiperatividade (gerando problemas no aprendizado), hipersensibilidade (causando alergias, asma, urticária..) e também a disbiose intestinal. Pare já de dar gelatina para seu filho de uma vez por todas!


Agora veja se não é um produto direcionado para crianças:


As marcas utilizam desenhos animados famosos e brindes para chamar a atenção das crianças, mas também usam informações como a presença de vitaminas e alusão a esportes para chamar a atenção dos pais. Não caia nessa!


Suco de caixinha ou em pó

Primeiro vamos apreciar uma linda propaganda enganosa:


Só para dar um exemplo de como a indústria tenta enganar vocês, pais. Tudo bem que tem suco de fruta de verdade, tudo bem que não tem corante, mas continua tendo MUITO AÇÚCAR! Por favor, comecem a ter medo dessa palavra. Ele é o segundo ingrediente da fórmula [só vem depois da água], ou seja, está em maior quantidade do que o "suco da fruta de verdade". E usar o argumento de que "as calorias são as mesmas de uma maçã"? Quase morro quando ouço esse tipo de comparação... Na maçã nós temos muitas fibras que regulam a absorção da frutose (açúcar naturalmente presente nas frutas) e não temos o aroma sintético que existe no Kapo. E do suco em pó não vou nem falar... puro açúcar, adoçante e aditivos químicos. Um veneno!


Quer uma sugestão? Leia essa matéria junto com seu filho se ele já for grandinho. Explique porque não vai mais comprar essas coisas e peça a ajuda dele para começar as mudanças. Comece deixando de ter em casa e aos poucos vai se ver livre desse grande problema chamado produto industrializado. Lembre-se que alimento não tem lista de ingrediente. A saúde do seu filho agradece!

Um Beijo da Nutri,

E VIVA NA MEDIDA!



#saúde #crianças #obesidadeinfantil #industrializados #pais

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
©  2019 por Rebecca Coutinho - Nutrição e Reeducação Alimentar.
     Tel.: +1 (561) 345-9081
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon